Buscar
  • Islay Rodrigues

Resenha - Pecados Noturnos




Um fôlego de vida para os históricos nacionais!

Uau!

O que mais eu poderia dizer de um livro como esse? Ando praticamente uivando para todos os históricos com Ogros fofos e insensíveis e o quão surpresa fiquei quando uma amiga "Sheila Vesaro" me contou que havia acompanhado essa série no Wattpad e sugeriu que eu me disponibilizasse de lê-lo ao longo da semana. E a minha surpresa ao final dessa trilogia disponível da Amazon é que a Autora tem o PURO VUDÚ DA ESCRITA.

Deixa eu tentar me explicar melhor!

A Autora sabe muito bem o que quer com a sua trama e nos envolve a cada linha. É simplesmente impossível de largar o livro, mesmo que o tal Ogrinho possa nos fazer odiá-lo com todas as forças. Ele é simplesmente um homem adorável, com um mistério no passado e presente que o torna fraco sobre seus próprios sentimentos e infelizmente para a nossa mocinha, ele desconta toda sua frustração nela.

Ok, Ok, Ok...

Precisava de expulsa-la daquele jeito?

Não!

Ele se arrependeu?

Sim!

E foi merecido todo o seu arrependimento e sofrimento para fazê-lo enxergar seus próprios sentimentos. O que a gente com certeza não esperava é a que ponto ele chega para recuperar o amor da mocinha e todos os seus direitos como marido.

Para ele, no amor e na Guerra vale tudo.

Fiquei muito feliz em poder fechar a minha semana com chave de ouro lendo os três livros de Islay Rodrigues na amazon. Eu não poderia deixar de vir aqui e escrever algumas poucas linhas sobre o meu amor e ódio com seus mocinhos e a minha verdadeira adoração pela fibra moral de cada mocinha criada por ela.

Se eu estou apaixonada pelas YORK? Sim, como não?

Elas são verdadeiras heroínas capazes de lidar com qualquer coisa. São mocinhas a frente do seu tempo e não levam desaforo para casa.

Nesse primeiro livro temos um vislumbre da enorme família York e é difícil não desejar fazer parte de suas vidas.

Lady Sophie Cavendish jamais será a mesma depois de ser renegada pelo próprio marido e aprenderá ser ainda mais dona de si quando Lady Seraphne York lhe estender a mão. Jurei não perdoar Chrisopher ao longo do livro por vários motivos, mas ao final, o amor venceu.

E já não era de se esperar que uma Lady seria para sempre de seu Lorde?

Foi realmente difícil pensar que o livro teria um fim, mas com ele, tive um vislumbre do que seria o segundo e foi impossível me segurar para lê-lo com tanto afinco quanto o primeiro.

Parabéns a Autora Islay Rodrigues! Meus mais sincero votos de sucesso.


Por: Iviny Carvalho


Link para ler o livro ⤵⤵




5 visualizações
 

ISLAY RODRIGUES

Fortaleza - CE, Daniela Perez, 1058 - Jardim Jatobá

xxxx-xxxx

Formulário de Inscrição

©2020 por islayrodrigues. 

  • Instagram
  • Facebook